quinta-feira, 31 de março de 2011

                                    Deuteronômio 3


     Me impressionou muito, em meio a todas estas guerras e conquistas efetuadas pelo povo, a humildade de Moisés em reconhecer em Deus os feitos realizados. Só na região de Argobe, em Basã eles tomaram sessenta cidades. Os feitos que Moisés e o povo hebreu estavam realizando eram grandiosos, à ponto de ficarem conhecidos e temidos. Mas mesmo diante de todas estas conquistas militares, que deixaria orgulhosos qualquer líder de uma nação, Moisés exorta Josué, nos versos 21 e 22  de uma forma linda: "...os teus olhos vêem tudo o que o Senhor, vosso Deus, tem feito a estes dois reis; assim fará o Senhor  a todos os reinos a que tu passarás. Não os temais, porque o Senhor, vosso Deus, é o que peleja por vós."
     Moisés reconhecia, e exortava o seu sucessor a reconhecer também, que apesar de ser o povo quem impunhava as armas, era o Senhor quem entregava a eles os seus inimigos. O Senhor era quem determinava a vitória de Israel. Eles íam à guerra, faziam a sua parte conforme as ordens dadas, mas não consideravam as vitórias como obras próprias! Não! Era obra do Senhor! E não se gloriavam, reconhecendo que eram, como ouvimos no sermão de domingo, servos inúteis! A eles cabia obedecer, e deixar que o Senhor tomaria as rédeas da situação. Devemos imitar Moisés reconhecendo que nada vem de nós, que nossas maiores conquistas só são nossas, porque ele nos dá! Esta visão deve modificar a maneira que encaramos a vida, o valor que damos à nós mesmos e às nossas conquistas. Qual é a sua guerra hoje? Pelo que você tem lutado ultimamente? Quais os pedidos que você tem entregue ao Pai em oração? Saiba que, embora você deva se empenhar, empunhar as armas à sua disposição, é ele quem te dá a vitória. Longe de nós, portanto, todo o orgulho e jactância. Toda glória ao único que é digno!

6 comentários:

  1. É muito importante que tenhamos esse mesmo comportamento! É Deus quem nos dá TUDO o que temos, ou que conseguimos. Se não fosse de Seu querer, poderíamos fazer o esforço que fosse, mas nunca alcançaríamos nada, pois é Deus quem nos dá a capacidade que temos, é Ele que efetua em nós tanto querer quanto o realizar

    ResponderExcluir
  2. É assim, a vida cristã.Você vai receber responsabilidades que a nível social vão te deixar lá em cima, mas você não pode se enaltecer.O que é algo difícil para corações pecaminosos como o nosso.Devemos reconhecer a mão do Senhor em qualquer ato e conquista nessa vida.Isso sem podermos nos apegar as coisas "boas" que esse mundo nos oferece.A vida cristã é uma grande luta, e com Ele ao nosso lado podemos ter certeza da vitória,mas só por que Ele achou melhor assim.

    ResponderExcluir
  3. Essa é a importância de se ter um líder fiel ao Senhor!! Moisés, apesar de todos os feitos que Deus tinha feito por seu intermédio ao povo, nunca se gloriou nele, e sim no Senhor. Ele sabia que apesar de todos os nossos esforços, como irem à batalha, por exemplo, sem o Senhor os guiando, abrindo o caminho e entregando os inimigos nas suas mãos, nada disso seria possível. Hoje em dia, às vezes, damos muito valor às nossas conquistas, sem antes lembrar que elas não vem de nós, somos unicamente instrumentos, que trabalham segundo o ordenar e mandar de Deus. Quando fazemos uma coisa grandiosa aos olhos do mundo, geralmente esquecemos de agradecer Deus, que foi o responsável direto por isso acontecer. Ele é que dirige os nossos passos e que nos dá a vitória!

    ResponderExcluir
  4. Mais uma vez , o texto nos mostra o quão Deus é MARAVILHOSO... Temos que reconhecer que é ELE quem nos dá tudo , tudo que temos , tudo que somos , tudo que conseguimos!

    ResponderExcluir
  5. em tudo dependemos do Senhor. e é engracado o fato de Deus dar a vitoria a eles por que por mais que tivessem treinado ou se preparado o povo adversario, nada os poderia fazer vencer, pois Deus estava com seu povo e ja tinha lhes dado essa vitoria antes da fundação do mundo!

    ResponderExcluir
  6. Gabriel Benjamin3 de abril de 2011 19:58

    Devemos sempre botar diante de DEUS nossa aflições e batalhas, sejam elas quais quer que forem porque sabemos que tudo vem de DEUS, a vitoria e a derrota . Mas não podemos ''deixar'' na mão de DEUS por si só, devemos mostrar fé , e como fazemos isso ? Por meio de obras, ou seja, devemos nos empenhar em nossa jornada em busca de santidade .

    ResponderExcluir