quinta-feira, 5 de maio de 2011

                            Ainda sobre Deuteronômio 10- de novo!

     Jesus fez um duríssimo discurso em mateus 23 contra os homens que se dizem religiosos, mas andam distantes dos preceitos mais importantes da Lei: " Ai de vós, escribas e fariseis, hipócritas, porque devorais as casas das viúvas e, para o justificar, fazeis longas orações; por isso, sofrereis juízo muito mais severo!...Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque dais o dízimo da hotelã, do endro, e do cominho e tendes negligenciado os preceitos mais importante da Lei: a jusiça, a misericórdia e a fé; devíeis, porém, fazer estas coisas, sem omitir aquelas! Guias cegos, que coais os mosquito e engolis o camelo!...porque limpais o exterior do copo e do prato, mas estes, por dentro, estão cheios de rapina(Ato de roubar arrebatando, de tomar, de pegar com violência) e de intemperança(falta de moderação, não ter controle sobre seus atos e ações)!  Fariseu cego, limpa primeiro o interor do copo, para que também o seu exterior fique limpo! Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque sois semelhantes aos sepulcros caiados (sepulcros que eram caiados, pintados com cal por fora para que ficassem apresentáveis), que, por fora, se mostram belos, mas interiormente estão cheios de ossos  de mortos e de toda imundícia! Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas, por dentro, estais cheios de hipocrisia e de iniquidade." Que arrogância achar que o Deus  que tudo vê se contenta com nossas 'justiças' externas, com a nossa aparência de piedade! Ele sonda o que
há de mais profundo em nosso coração, as nossas intenções mais escondidas...
     A Bíblia nos desafia a vivermos o Evangelho de forma autêntica. E a Palavra de Deus está repleta destas chamadas a adequarmos a nossa vida exterior e interior ao escrutíneo (exame) da vontade de Deus! Jesus mesmo nos advetiu que o adultério era sim pecado, mas não apenas  aquelas atitudes vergonhosas que poderiam ser testificadas por qualquer pessoa! O olhar uma mulher com intenção impura também se constitui adultério!
    Cada um de nós deve olhar de forma crítica para dentro de si e perguntar se tem de fato amado a Deus de todo o coração e seguido seus mandamentos não só de forma visível aos homens, mas principalmente dentro de nós, em nossos sentimentos, pensamentos mais secretos, naquele momento em que sabemos que ninguém está nos vendo... Que nossos olhos sejam abertos para a grande verdade que o Salmo 139 nos ensina: "...de longe penetras os meus pensamentos ...Ainda a palavra não me chegou à língua, e tu, Senhor, já a conheces toda." (versos 2 e 4).
     Precisamos nos lembrar sempre diante de QUEM estamos, e tentar moldar nossa vida à sua Palavra. Vida religiosa e vida cotidiana não se separam, andam juntas, são a mesma coisa! Será isso que Jesus dirá aos hipócritas no último dia: " Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi  explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade." Mateus 7:21 a 23. Fica claro que estes homens citados acima, dizem que faziam e aconteciam, mas sabe-se lá se faziam mesmo, ou se faziam, em nome de quem faziam tais atos religiosos. De uma coisa o texto nos dá certeza: não era em nome de Cristo, afinal o próprio Jesus declara não conhecê-los. Eles viviam na iniqüidade, embora tentassem demonstrar uma vida nos preceitos da religião. Não adianta o homem tentar enganar a Deus. Ele engana outro homem, que se impressiona com o exterior e com a aparência, mas Deus sonda o coração. Que esta pergunta esteja gritando em nossa mente em todo o tempo: "O que Deus pensa sobre o que eu tenho pensado, sentido e feito? O que ELE pensa a meu respeito?" Isto é a única coisa que importa. A opinião DELE a nosso respeito é a única que vale! 
  

7 comentários:

  1. Orebe de vasconcelos Quaresma5 de maio de 2011 12:38

    Excelente texto!

    Acho que essa pergunta é o cerne de toda a questão – o que o Senhor pensa a respeito de nossos pensamentos?

    Quando investigamos o recôndito de nossos corações, percebemos coisas, por vezes, desagradáveis. A palavra de Deus diz que temos de vigiar constantemente para não cairmos em tentação. Deixar nosso pensamento a mercê de nós mesmos ou de nossos desejos é atentar gravemente contra nossas almas, quando nos lembramos que há um Deus, nosso Pai, que conhece todos os nossos pensamentos, tememos.

    Paulo, ou seja, a Sagrada Escritura, nós dá um remédio para isso. Além de constantemente a escritura dizer da necessidade que temos de meditar constante mente na palavra de Deus, o Apóstolo Paulo diz – Tudo que seja puro, amável, de boa fama... seja isso o que ocupe o nosso pensamento.

    Nossas ações e atitudes representam o que nós pensamos. Lutero dizia que era impossível evitar que um pássaro pouse em nossas cabeças, mas é possível evitar que faça ninho.

    Que o Senhor tenha misericórdia de nós no meio de uma época tão imunda. E que nossos pensamentos possam representar verdadeiramente aquilo que agrada ao nosso Deus.

    Oh Pai! Guarda minha mente da mesma forma que tu guardas a minha alma.

    Orebe Quaresma.

    ResponderExcluir
  2. Que honra ter você por aqui, meu pastor!!

    ResponderExcluir
  3. Deus conhece o íntimo de nossos coração e sabe quando estamos o adorando em espírito e verdade!! Isso deve nos amedrontar, pois ele sabe o que pensamos e o que fazemos, sabe até mesmo antes de executarmos qualquer ação, o que iremos fazer, ou dizer. Ele controla todo o universo, tudo vê!! Diante disso, devemos mais e mais, de dia e de noite, meditar em sua palavra, para que a cada dia o espírito santo nos molde, nos tornando cada vez mais crentes fiéis. Molde nossos pensamentos, nossas atitudes, ... nossa vida como um todo. Se não for por meio de Deus, nada poderemos fazer, e cada vez mais nos perderemos neste mundo de imundícies e pecados terríveis. Que Deus nos dê a sua graça, e nos acompanhe em todos os nosso dias!!

    ResponderExcluir
  4. Pelo fato de a nossa natureza ser pecaminosa devemos entender que é normal que tropecemos,mas devemos estar atentos à nossas atitudes, e principalmente atentos na forma pela qual desviarmos desses tropeços.Apesar disso, não devemos 'descansar', e pensar que em alguma hora vamos melhorar, e sim, devemos batalhar,brigar,lutar por uma vida sã e de acordo com a palavra de Deus.

    ResponderExcluir
  5. Mais uma vez vemos que essa é uma questão muito séria. Devemos estar sempre atentos e com o coração voltado para Deus a fim de que não caiamos nesse erro. Por mais que externemos santidade (não que mostrar-nos santos não seja importante), se essa santidade não é real, não vem de dentro, de nada vale. Deus sonda o nosso coração. É muita pretensão nossa acharmos que podemos enganar a Deus, agindo de uma forma e pensando de outra. Antes de pensarmos no que as pessoas pensarão a nosso respeito, devemos parar para analisar as atitudes do nosso coração e ver se essas atitudes estão ou não de acordo com os padrões de Deus. É a opinião dele,e somente a dele, que deve ser importante para nós crentes.

    ResponderExcluir
  6. Simone, estava pensando exatamente sobre isso hoje, ainda a pouco antes de entrar no seu blog. Pensava como isso é sério e como temos brincado muitas vezes com a palavra de Deus, sem nem nos importarmos com o que vai nos acontecer. Pensava nos problemas que uma pessoa da família passa em relação a falta de perdão. As pessoas querem mostrar a aparência e não se importa com o que passa no coração e na mente. Estão brincando e não levando a sério o que a bíblia nos adverte. Com Deus não se brinca e como é grave. Temos que temer em todo o tempo e pedir misericórdia a Deus sempre pq somos pecadores e muitas vezes não nos importamos com isso. Que Deus esteja sempre olhando por nós e nos ajudando a não cairmos em tentação. Necessitamos em todo tempo da graça de nosso Pai. Que Ele nos abençoe sempre. Louvo a Deus pq somos filhos e amados por Ele. Luciana

    ResponderExcluir
  7. Gabriel Benjamin10 de maio de 2011 15:40

    Devemos viver uma vida com DEUS, não para mostrar-mos ao mundo o que fazemos e sim para que DEUS se alegre de nossos feitos. Não precisamos orar perto de outras pessoas para saberem que estamos orando e sim sozinho com DEUS, porque só ele precisa ouvir a sua oração. Voce deve passar o seu tempo em vida interior com DEUS, as coisas exteriores são só um reflexo de como sua vida interior está. Não adianta querer enganar o DEUS que criou tudo, que sabe de tudo, ele ve o coração, ve o que esta nos seus pensamentos, os mais profundos. Que nós possamos estar a cada dia dispostos a viver uma vida de real integridade .

    ResponderExcluir