segunda-feira, 6 de junho de 2011

                           Deuteronômio 22:1 a 12


     Começamos com os versos 1 a 4 que mostram o valor que Deus sempre deu ao direito da propriedade privada. Foi então, estabelecida lei para resguardar o direito das pessoas serem possuidoras daquilo que haviam adquirido por meio de seu árduo trabalho. Todo esforço deveria ser envidado para devolver ao outro aquilo que lhe pertencesse e que fosse achado pelo caminho. Vemos claramente que qualquer tentativa de defender ideias de cunho socialistas, que negam o direito à propriedade privada, não têm respaldo na Palavra de Deus. Aliás, em vários textos Deus diz que ele mesmo foi quem fez o pobre, e ele é quem dá riqueza aos ricos. A preocupação na instituição destas leis não era impedir que houvesse mais ricos e mais pobres na sociedade, mas garantir que as bases do relacionamento entre uma classe e outra fosse justa. Em todo o tempo esta é a palavra de ordem: justiça!
     No verso 5 vemos a advertência para que fossem observadas algumas regras que definiam as diferenças entre homens e mulheres. Esta distinção deveria ser bem clara. Em toda e qualquer cultura, em todos os tempos, sempre existiram símbolos que diferenciavam homens de mulheres. Estes símbolos podem variar de cultura para cultura, mas deve permanecer inalterado o princípio da distinção entre os sexos. Homem se vestindo, se enfeitando e se comportando como homem. Mulher se vestindo, se enfeitando e se comportando como mulher. Não se deve violar a ordem da criação. A Bíblia não apenas condena como abominação o homossexualismo, mas o ser efeminado, ou o se vestir como um homem, no caso das mulheres.
     Por fim, vemos advertências que provavelmente se referem à pureza do povo (versos 8 a 11). "...mediante a ingestão de alimentos puros e de não misturar sementes, de não usar animais de trabalho diferentes ou materiais diferentes em suas vestes, o povo  de Israel era relembrado de que devia ser um povo puro." (Bíblia de Genebra). E para reforçar a lembrança da necessidade de pureza e de separação dos outros povos, eles precisavam colocar as borlas nos quatro cantos de seus mantos.

7 comentários:

  1. O que mais me chamou atenção nesse texto foi o verso cinco: "A mulher não usará roupa de homem, nem o homem, veste peculiar à mulher; porque qualquer que faz tais coisas é abominável ao Senhor, teu Deus".
    Se essa "simples" atitude (pelo menos aos olhos do mundo) já é abominável à Deus, o que dirá outras coisas que têm sido muito discutida,atualmente.

    ResponderExcluir
  2. Muito interessante quando ele falar sobre o homossexualismo , que a bíblia ABOMINA!!!!
    "Homem se vestindo, se enfeitando e se comportando como homem. Mulher se vestindo, se enfeitando e se comportando como mulher. "

    ResponderExcluir
  3. Achei bastante interessante a questão da propriedade privada e a que ela remete. Eu nunca havia pensado nessa ótica ao examinar a corrente socialista.
    A questão do verso cinco também me chamou bastante atenção. Essa é uma temática que está presente no cotidiano do mundo, não só quando se refere ao homossexualismo, mas a brincadeiras também.
    Enfim, devemos estar sempre voltados para a palavra de Deus a fim de que não pequemos.

    ResponderExcluir
  4. Israel:
    realmente, davi.
    o só ser efeminado ja é uma abominacao diante de Deus. e essas pessoas ainda dizem que nascem assim.
    verdade, a nascem assim... cheias de pecado, isso sim!
    (todos nós, né... mas só a Graça de Deus faz com que alguns permaneçam e outros nao)

    ResponderExcluir
  5. Seguindo os comentários acima, também achei interessante este verso: "Não haverá traje de homem na mulher, e não vestirá o homem vestido de mulher, porque qualquer que faz isto é abominação ao Senhor teu Deus.". Mais uma vez vemos aqui Deus ditando as regras, ou seja, não permitindo os afeminados e homossexuais. Isso era e ainda é abominação diante de Deus, Ele não suporta, é o último estágio de degradação humana!! "Por isso Deus os entregou, nas concupiscências de seus corações, à imundícia, para serem os seus corpos desonrados entre si; pois trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura antes que ao Criador, que é bendito eternamente. Amém. Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convém;" Romanos 1.24-28

    ResponderExcluir
  6. Gabriel Benjamin9 de junho de 2011 19:30

    Gostei muito sobre o que voce falou sobre o homossexualismo ainda mais na situação que vivemos no mundo de hoje, DEUS é muito claro a respeito disso (e de qualquer outra coisa) na bíblia por isso devemos prestar bem atenção no que dizemos, aceitamos, convivemos hoje com os impios.
    Essa ultima parte tambem me chamou atenção de como DEUS constantemente bate nessa tecla da necessidade de ser puro e não se influenciar pelos impios, nós temos que sempre estar percebendo qualquer conversa ou atitude que esteja nos moldando ao que o mundo quer que sejamos.

    ResponderExcluir
  7. Num pequeno trecho da Bíblia nós já podemos cortar 2 'pontos' que estão 'na moda' hoje em dia: o socialismo e o homossexualismo.
    Vemos claramente hoje em dia o quão distante o munda está de Deus, tanto é que são propagadas idéias que se opõem radicalmente ao que Deus diz nas escrituras.
    Essas ordens dadas por Deus não são ordens 'sem objetivo' ou 'finalidade', é muito óbvio que as regras que Deus estabelece, quando são violadas, trazem consequências graves aos que as violam.
    Devemos sempre nos lembrar que Deus não vai deixar nossos pecados impunes só porque somos crentes, muito pelo contrário, vai nos castigar, para que arrependidos dos nossos pecados, nos voltemos a ele.

    ResponderExcluir